OS IMPACTOS DO ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA NA EDUCAÇÃO PÚBLICA FLUMINENSE E SEUS REFLEXOS NOS TRABALHADORES DOCENTES

Amanda Moreira da Silva

RESUMO: Desde meados dos anos 2000, a educação pública em todo o território nacional é avaliada com base no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Buscamos demonstrar os mecanismos que andam forçando as escolas públicas do Rio de Janeiro a colocar todo seu esforço no desempenho das provas externas, como se nota alta no IDEB fosse sinônimo de boa educação, delimitando fronteiras de ação política, e gerando uma atomização dos profissionais da educação em busca de suas gratificações individuais. Uma forma encontrada pelo capitalismo, no âmbito educacional, para aumentar a exploração e o controle sobre o trabalhador.

Palavras-chave: IDEB. Profissionais da educação. Capitalismo.

Disponível em http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2015/pdfs/eixo13/os-impactos-do-indice-de-desenvolvimento-da-educacao-basica-na-educacao-publica-fluminense-e-seus-reflexos-nos-trabalhadores-docentes.pdf