O PROGRAMA “ESCOLAS DO AMANHÔ E A ESCOLA PÚBLICA PARA A CLASSE TRABALHADORA

Resumo: O programa “Escolas do Amanhã” atende ao conjunto de crianças e jovens residentes de favelas e periferias e amplia o tempo da jornada escolar em atividades no seu contraturno. O artigo discute como o programa está estruturado e quais os seus objetivos. Através da análise de elementos da política educacional brasileira e de uma pesquisa de campo, entende que o tempo e o espaço escolar são organizados através de improvisos e o trabalho pedagógico é realizado de forma descoesa entre os turnos. Desse modo, o programa contribui em operar uma lógica de educação que se pauta em oferecer uma escola precarizada para a classe trabalhadora.

Palavras-chave: educação; classe trabalhadora; escola pública.

Download: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1828/2288