As contradições da busca pela valorização do magistério público: uma contextualização da Resolução CNE/CP nº. 02/2015

Juliana Argollo e Amanda Moreira Silva (PPGE-UFRJ)

Resumo: No presente artigo buscamos contextualizar os princípios de valorização do profi ssional do magistério público, inscrito na Resolução CNE/CP nº. 02/2015, com a atual conjuntura de privatização e mercantilização da educação pública, via precarização e fl exibilização do trabalho docente. Mediante o recorte teórico-metodológico do materialismo histórico-dialético operado por Antonio Gramsci, problematizamos os princípios postos na Resolução CNE/CP nº 02/2015, que defi nem as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior e para a formação continuada. Com isso, pretendemos analisar as políticas implementadas e coordenadas pelo Ministério da Educação (MEC) que indicam um novo formato de “regime de colaboração com o empresariado”, cujo objetivo é imprimir nas instituições de ensino públicas a “pedagogia empresarial”.

Palavras-chave: pedagogia empresarial; trabalho docente, precarização

Download: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/7394/4548